Precisamos de você!!
Packs Projetos Centurions
Nos acompanhe!
Parceiros – Quadrinhos
Parceiros – Diversos

Posts Tagged ‘Homem-Aranha’

Especial Carnaval de Quadrinhos das Quartas – Parte 01

Retrospectiva da participação do The Centurions no CQQ… esperamos que a idéia seja retomada em breve!!

Data: 26/03/08
Essa é para marcar a nossa entrada no CQQ (Carnaval de Quadrinhos das Quartas)… para quem não sabe, o CQQ é uma postagem coletiva, onde diversos blogs especializados em quadrinhos postam sobre o mesmo assunto. O CQQ foi criado no Blog do Hiroshi e a cada semana (ou quinzena) é hospedado em um blog diferente.

Há algum tempo atrás um grande criativo da blogosfera o parceiro Pedro Cardoso do Receita do Sucesso criou os fantásticos Herois da Blogosfera, grupo de ícones da internet com o objetivo primordial de defender o entretenimento sadio na rede. Inspirado nesta magnânima criação, o Quadrideko se ultilizou também da fantástica ferramenta criada por Eduardo José Reis , o Hero-O-Matic , para lançar os Heróis do CQQ. Um liga de blogueiros com poderes extraordinários com a missão de defender o direito de acesso aos post criado semanalmente. Bem, sem mais delongas vamos apresentar os nossos Heróis :

.
.
Hiroshi , O Lanterna Vermelha
.
.
O Busilis , o Caçador Urbano
.
.
Kalango , O Lagarto Selvagem
.
.
Cibertron , O Andróide Espacial
.

.
Reviews , O Batedor
.
.
Rabisco , O Risco Final
.
.
Acesso , O Portal para Outros Mundos
.
.
Não Diga Nada , O Silenciador vem aí !
.
.
Centurions , O Gladiador
.
.
Quadri Man , O Imbatível
.
Não deixem acompanhar as aventuras de nossos heróis quinzenalmente nas edições do CQQ !!!


Post by Quadrideko

Read the rest of this entry »

HOMEM-ARANHA, HOMEM DE FERRO E HULK

Ótima animação em 3 partes feita pela marvel com alguns de seus personagens de peso. Longe de toda essa confusão que está acontecendo nas hq´s… é só ação. Eles deveriam investir em longas com essa qualidade, sai mais barato que um filme e o que importa é a qualidade da história mesmo.
1ª parte:

2ª Parte:

3ª Parte:

Retirado do Sedentário e Hiperativo , que pegou do Rapadura Açucarada

Editor-executivo da Marvel teria afirmado que Harry Osborn nunca voltaria!

Homem-Aranha ONE MORE DAY

Harry está morto. Realmente morto. Realmente e verdadeiramente morto. […] E se um dia eu me inclinar a ter alguém clonando Harry ou revelar que foi apenas uma duplicata genética que morreu, por favor alguém atire em mim.

Estas palavras foram ditas pelo hoje editor-executivo da Marvel Comics, Tom Brevoort, em 6 de outubro de 1995 em um newsgroup (aqueles antigos grupos de trocas de e-mails, lembram?). Cerca de 12 anos depois, Brevoort foi um daqueles que articulou a grande mudança na vida do Homem-Aranha na saga One More Day, que levou a volta de… Harry Osborn, o segundo Duende Verde!

Mais uma vez a sacada foi do jornalista britânico especialista em quadrinhos Rich Johnston, que achou a informação dando uma googleada por aí. Provavelmente Brevoort não tinha idéia da revolução que seria o Google, não?

É engraçado como os tempos mudam e como suas atitudes mudam de acordo com o tempo. Como dizem por aí: nunca diga nunca. ALIÁS, nunca diga pra alguém atirar em você se for feito algo que hoje você não aprovaria. Além de não sabe saber o que acontecerá amanhã, vai que algum maluco leva isso a sério.

Se eu fosse ele ficaria com medo até de sair de casa agora…


Renan Martins Frade

Fonte: Judão

Os cinco plots mais idiotas do Homem-Aranha

Por Pablo Casado (24/01/08)

Atenção, leitor: o texto a seguir revela alguns fatos que aconteceram recentemente com o Homem-Aranha nos Estados Unidos e podem estragar o prazer de sua leitura futura.

One More DayOne More Day, a saga que deu um reset na vida do Homem-Aranha, provocou todo tipo de reação por parte dos leitores e da crítica especializada. E por mais que Brand New Day, inicialmente, esteja sendo timidamente bem recebida, a resolução mágica dos problemas matrimoniais e de identidade secreta do herói não será esquecida tão cedo.

John Marcotte, do blog norte-americano Badmouth, aproveitou o rebuliço causado por One More Day para relembrar alguns dos plots mais estúpidos utilizados em histórias do Cabeça-de-Teia. É coisa para fazer Mefisto se contorcer de inveja.

5. A Saga dos Seis Braços, por Stan Lee e Gil Kane

O arco (como mostrado pela Editora Abril em A Teia do Aranha # 17, de 1991) mostra Peter Parker tentando encontrar uma fórmula para acabar com seus superpoderes. Mas as coisas não saem como o planejado e, em vez de voltar a ser uma pessoal normal, o herói ganha mais quatro braços, totalizando seis membros superiores. A idéia foi copiada por Louise Simonson e Rob Liefeld em sua fase na revista dos Novos Mutantes, dando origem a um mutante terrorista.

O Aranhamóvel 4. O Aranhamóvel, por Gerry Conway e Ross Andru

Em troca de publicidade, a Carona Motors cria para o Homem-Aranha um carro que não polui o meio-ambiente. Com a ajuda de Johnny Storm, o Tocha-Humana, ele faz modificações no “carango” e o transforma no aranhamóvel. Este resumo fala por si. Para saber mais, basta procurar nos sebos o gibi A Teia do Aranha # 25, publicado pela Editora Abril em 1991.

3. Doutor Octopus casa com a Tia May, por Gerry Conway e Ross Andru

Tia May herda uma mina de urânio de um parente nunca visto antes. Otto Octavius, percebendo nisso uma oportunidade de ouro, decide se casar com a velhinha, roubar a mina e depois dar um “chute no traseiro” da pobre senhora. E é claro que o Homem-Aranha fez de tudo para impedir o casório. A idéia não é apenas ridícula, mas implausível. O quase casamento também pode ser visto em A Teia do Aranha # 25.

Pecados Pretéritos 2. Pecados Pretéritos, por J. Michael Straczynski e Mike Deodato

E o segundo lugar fica para um arco publicado nos anos 2000, cortesia do criador da série de TV Babylon 5. Como se já não bastasse incluir elementos totêmicos na origem do herói (numa de suas muitas tentativas de emular conceitos elaborados por Alan Moore), Straczynski levou Gwen Stacy à Europa e a fez ter um tórrido romance com Norman Osborn, o Duende Verde. E não parou por aí: ela teve um casal de gêmeos, alterados geneticamente e criados para acabar com a raça do Homem-Aranha quando crescessem (ou seja, dois ou três anos depois de terem nascido). O arco foi publicado no Brasil pela Panini Comics, em 2005, nos gibis Homem-Aranha # 41 a # 46.

1. A Saga do Clone, por Howard Mackie e vários outros artistas

A Saga do Clone Não é de se estranhar que uma das fases mais execradas do Homem-Aranha tenha ficado em primeiro lugar na lista de Marcotte. Durante uma bela quantidade de anos, as séries principais do Homem-Aranha foram tomadas pela dúvida shakesperiana do ser ou não ser um clone. Tudo graças ao vilão Chacal, que clonou a si mesmo, Gwen Stacy e o herói aracnídeo – dando vida ao carismático clone Ben Reilly -, com o intuito final de eliminar Peter Parker. A saga sem fim causou confusão, irritação, troca de papéis e o estapafúrdio retorno de Norman Osborn, que, na verdade, não tinha morrido coisa nenhuma (pelo menos, foi o que a Marvel disse). Quantas árvores não foram sacrificadas para que se contasse uma história tão ruim assim? No Brasil, saiu em Homem-Aranha e A Teia do Aranha, entre 1997 e 1998, pela Editora Abril.

Será que um dia a Saga do Clone será batida? Nas palavras de John Marcotte: “Sempre teremos o ano que vem”.

A Saga dos Seis BraçosDoutor Octopus casa com a Tia May

Fonte: http://universohq.com.br/quadrinhos/2008/n24012008_08.cfm

A Saga do Clone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
trazido por Davi
A Saga do Clone (ou Saga do Clone do Homem-Aranha) é uma das principais sagas do Homem Aranha.
Foi publicada pela Marvel Comics de 1994 a 1996 envolvendo vários clones do personagem. É considerada uma das mais controversas já contadas na história das histórias em quadrinhos: como as revistas venderam bem, os autores foram encorajados a prolongar a história pelo maior tempo possível, o que é provavelmente o maior problema da saga.
As bases para esta saga iniciam-se quando o Chacal procura criar um clone de Peter Parker/Homem Aranha e também de Gwen Stacy. Após tentativas frustradas, um primeiro clone é finalizado, porém, este começa a deformar-se, sendo rejeitado. Ele viria a se tornar o vilão/anti-herói Kaine. Finalmente, o Chacal obtém êxito e leva o clone a uma disputa contra o Homem Aranha original, que acaba saindo-se vencedor.
O clone acaba se dando conta de sua situação ao ver Peter com Mary Jane, e então muda-se para Miami onde conhece o cientista Seward Trainner, e adota o nome Ben Reilly (Ben em alusão ao tio Ben e Reilly porque este era o sobrenome de solteira de May Parker,tia de Peter) Possuindo as memórias do Aranha original (e também o senso de responsabilidade que norteia a vida de Peter), Ben Reilly retorna ao saber que (a supostamente) May estava quase morrendo, causando um grande cataclisma ao já abalado Peter que sofria por causa do estado de May, pela morte de Harry Osborn, e (não muito tempo depois) por uma acusação da assassinato.
Como forma de combater o crime, Ben adota um uniforme e é rapidamente batizado de Aranha Escarlate. Porém Seward Trainer (a mando de Ogro) manipula seus testes de DNA, e revela que Ben é o aranha original. Após combates contra Kaine e Chacal, Peter decide abandonar o traje de Homem Aranha, dando a Ben a responsabilidade de usar o uniforme e o nome, para que ele pudesse finalmente viver uma vida normal para cuidar de Mary Jane e da criança que ela esperava.
Com um novo uniforme, Ben assume a identidade de Homem Aranha. Nesse tempo, Peter usaria seu traje antigo mais algumas vezes até perder seus poderes em uma aventura em Portland, e até quase falece.
Ao final da saga, revela-se que Norman Osborn,o primeiro Duende Verde (que acreditva-se que estivesse morto) é quem estava por trás de tudo. Ele tenta explodir o Clarim Diário, mas todos são salvos por Ben, enquanto Peter luta contra o Duende. Ao final, Ben Reilly morre e seu corpo dissolve-se, provando que Peter Parker sempre foi o Homem-Aranha.
Agora eu trago para voces a Saga do clone Completa, (aproveitando a ja lançada pelo grupo HYEEROZHQ, que lançou até a parte 33).

Download

Fallen Son – A Morte do Capitão América

Minissérie especial mostrando as repercussões sobre os principais heróis que estavam próximos do Capitão América em sua vida. A minissérie é divida em cinco partes, cada edição mostrando uma etapa diferente do pesar (Negação, Raiva, Barganha, Depressão e Aceitação).

As minissérie é escrita por Jeph Loeb, cada edição é focada em personagens diferentes e desenhada por desenhistas diferentes. Entre eles só nomes famosos como: Leinil Francis Yu (Novos Vingadores), Ed McGuiness (Superman & Batman), John Romita Jr (Wolverine, Homem-Aranha), David Finch (Novos Vingadores) e John Cassaday (Astonishing X-MEN).

Fallen Son 1 – Wolverine (Negação)
Fallen Son 2 – Vingadores (Raiva)
Fallen Son 3 – Capitão América (Barganha)
Fallen Son 4 – Homem-Aranha (Depressão)
Fallen Son 5 – Homem de Ferro (Aceitação)

Projeto: Primeira Vez

Como foi a sua primeira vez? A sua primeira vez na escola, a sua primeira vez no trabalho, a sua primeira vez combatendo o crime (?)… bom… se você for policial, combate sim! Então vamos lá, você lembra como começou a história daquele super-herói que você tanto gosta? E a daquele vilão? Bom, o grupo The Centurions trará a partir de agora uma sequência de hqs que nos mostra como tudo começou para heróis e vilões da Marvel e DC, trazendo as primeiras aparições, primeiras edições e origens deles.

Nesse primeiro post trouxemos para vocês edições já traduzidas pelos grupos RA, Gibihq, Rockn’comics, etc. Nelas encontramos: A primeira aparição do Super-Man, do Batman, do Flash (Barry allen), do Capitão Marvel, da Mulher-Maravilha… além das origens do Homem-Aranha, do Gladiador Dourado, do Elektron e da Gelo.

Em breve: Hulk, Mulher-Hulk, Venom, Capitão América, Lanterna Verde, X-men, Liga da Justiça, Vingadores, Coringa, Doutor Destino, Galactus, e tantos outros.

Spider-Girl #00

Nesta espetacular Spider-Girl #00, temos a reedição da revista What if # 105 (cujas histórias são conhecidas aqui no Brasil como “O que teria acontecido se?’).
É justamente onde tudo começou, mostra a May Parker descobrindo que seu pai é o Homem-Aranha e que ela herdou seus poderes aracnídeos.

Após um evento bem costumeiro na vida do aranha, surge a Garota-Aranha!!

Download